Rua Sorocaba, 706 - Botafogo
CEP: 22271-110 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.:2103-1500 - Fax:2579-3713
E-mail: sac@clinicoop.com.br
Notícias

[06/12/2018]
Febre amarela: Com baixa procura por vacinação, verão traz risco de novo surto
Estação mais quente aumenta risco de transmissão - por isso, a vacinação preventiva é fundamental. Atualmente, apenas 50% dos brasileiros estão protegidos
[05/12/2018]
Teste experimental permite detectar câncer em 10 minutos
De acordo com os pesquisadores, o teste teve precisão de 89%, ou seja, acertou a presença de células cancerígenas em 89 de cada 100 casos
[30/11/2018]
Sarampo volta a ameaçar com onda de hesitação em relação à vacina, alerta OMS
Em 2017 houve um aumento alarmante de 30% no número de casos da doença, que causou 110 mil mortes.
[29/11/2018]
Febre amarela: veja contraindicações e precauções da vacina
Reumáticos, gestantes e alérgicos precisam ponderar se risco da vacina é maior do que o da doença

+ mais   
Notícias

Gel desenvolvido no Brasil promete tratar feridas do herpes em 24 horas


05/01/2018


Por coincidência, após usar o produto em uma paciente que reclamava de dores durante o atendimento, o professor Vinícius Pedrazzi, do programa de Reabilitação Oral da Faculdade de Odontologia da USP Ribeirão Preto, constatou a cicatrização das lesões em questão de horas.

O produto experimental, que ainda não pode ser divulgado porque passa por processo de patenteamento, tem dado resultados animadores, segundo o professor.

"Entre outras grandes vantagens, ele é branco na forma de gel quando aplicado, e de 5 a 10 minutos depois se torna incolor, forma um filme que pode ser deixado de uma a duas horas ou removido, porque parece um plástico", explicou, em entrevista no mês de dezembro ao programa de rádio Saúde sem Complicações, da USP.

Ele ainda evita falar em cura, mas não considera algo improvável, e nem mesmo distante. "Ao mesmo tempo em que a ética não nos deixa falar em cura, nosso empenho é para que haja cura. Temos pacientes há dois anos sem recidiva (reaparecimento da doença). Já estamos conseguindo tratar em um quinto do tempo dos medicamentos existentes no mercado, mas queremos buscar a cura, sim, e diria que estamos próximos", admite.

Fonte: TNH1



Bookmark and Share

< voltar   
Home     |     Clínica     |     Especialidades     |     Corpo clínico     |     Localização     |     Contato