Rua Sorocaba, 706 - Botafogo
CEP: 22271-110 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.:2103-1500 - Fax:2579-3713
E-mail: sac@clinicoop.com.br
Notícias

[10/12/2018]
A epidemia de peste que quase dizimou a humanidade 5 mil anos atrás
Descoberta de cientistas franceses, suecos e dinamarqueses traz indícios de que uma cepa ancestral da mesma bactéria da peste bubônica já causava mortes
[06/12/2018]
Febre amarela: Com baixa procura por vacinação, verão traz risco de novo surto
Estação mais quente aumenta risco de transmissão - por isso, a vacinação preventiva é fundamental. Atualmente, apenas 50% dos brasileiros estão protegidos
[05/12/2018]
Teste experimental permite detectar câncer em 10 minutos
De acordo com os pesquisadores, o teste teve precisão de 89%, ou seja, acertou a presença de células cancerígenas em 89 de cada 100 casos
[30/11/2018]
Sarampo volta a ameaçar com onda de hesitação em relação à vacina, alerta OMS
Em 2017 houve um aumento alarmante de 30% no número de casos da doença, que causou 110 mil mortes.

+ mais   
Dicas

Entenda o que é miopia


27/09/2012


É como denominamos o erro de refração em que a imagem focaliza antes de chegar à retina.
Isto pode acontecer porque o olho é mais comprido (o mais frequente) e ou porque as lentes do olho tem alto poder refrativo.

A consequência é a dificuldade de ver à distância, tanto maior quanto maior o grau de miopia.
O uso de correção óptica não muda a evolução do grau de miopia, conforme crença popular. O que as lentes fazem é colocar a imagem no foco correto.

Como se trata?

A miopia pode ser corrigida com óculos, lentes de contato ou cirurgia.
A opção cirúrgica se reserva aos pacientes com mais de 18 anos (até esta idade é quase regra a mudança de grau), que satisfazem determinados critérios.
Um exame geral do olho, ou exame oftalmológico padrão, pode incluir:
• Medição da pressão ocular consulte (Tonometria)
• Teste de refração para determinar o grau correto dos óculos
• Exame de retina
• Exame de lâmpada de fenda das estruturas frontais dos olhos
• Teste de visão de cores, para identificar um possível daltonismo.
• Testes dos músculos que movem os olhos
• Acuidade visual, à distância (Snellen) e de perto (Jaeger)



Bookmark and Share

< voltar   
Home     |     Clínica     |     Especialidades     |     Corpo clínico     |     Localização     |     Contato