Rua Sorocaba, 706 - Botafogo
CEP: 22271-110 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.:2103-1500 - Fax:2579-3713
E-mail: sac@clinicoop.com.br
Notícias

[08/12/2017]
Anticoncepcional moderno está ligado a risco de câncer, diz estudo
Os pesquisadores encontraram um risco similar de câncer de mama com o dispositivo intrauterino (DIU) exclusivo de progestina
[06/12/2017]
Mulher com útero transplantado nos EUA dá à luz bebê saudável
É o primeiro caso registrado com sucesso nos Estados Unidos; técnica já é usada na Suécia
[04/12/2017]
Conheça os sintomas da endometriose, doença que afeta 7 milhões de brasileiras
Um problema que tem se tornado comum entre as mulheres
[01/12/2017]
Preconceito é um dos maiores obstáculos para quem vive com HIV
Apesar do avanço no tratamento nos últimos anos, a discriminação quase não mudou. Preconceito existe até no sistema de saúde.

+ mais   
Dicas

Alimentação saudável e exercícios previnem o câncer


08/06/2012


Estima-se que neste ano cerca de 520 mil pessoas terão câncer no Brasil, sendo 257 mil em homens e 260 mil em mulheres, segundo dados do Inca (Instituto Nacional de Câncer). Uma boa alimentação – que passa longe de embutidos, bolachas, sal entre outros – e exercícios físicos regulares ajudam a prevenir a doença, segundo especialistas ouvidos pelo R7.

A lista de alimentos considerados causadores da doença começa com os embutidos, como linguiça, salsicha, presunto, peito de peru. Segundo o nutricionista do Inca, Fábio Gomes, estes produtos contém conservantes que em contato com o sulco gástrico (produzido no estômago) são transformados em substâncias cancerígenas.

— O sal ou alimentos que possuam muito deste elemento, como o bacalhau, é prejudicial também. Ele provoca uma agressão no estômago que pode estimular as alterações nas células.

Veja os famosos que superaram o câncer

Além de evitar estes alimentos, Gomes afirma que o modo em que se preparam as carnes pode ser prejudicial à saúde. O ideal é que o peixe, o frango, a carne vermelha sejam preparadas no forno ou cozidas na panela.

— Quando submetidas a uma temperatura altíssima [chapa, grelhada ou frita], aparecerá um composto cancerígeno, que provocam mutação das células. Vai fazer um peixe, recomendo fazer uma moqueca, por exemplo.

Nos hábitos alimentares cotidianos, o nutricionista ainda conta que o ideal é evitar também produtos com muita concentração de quantidade de energia, como biscoitos, lanches, sanduíches, e bebidas açucaradas, como refrigerantes, sucos, mates.

Frutas, legumes, verduras e fibras são alimentos que ajudam a prevenir o câncer. Segundo Gomes, elas protegem as células de agressões que podem deixá-las doentes e desenvolver o câncer. Além disso, estes produtos possuem compostos que bloqueiam a chegada dos elementos cancerígena e, caso as células doentes se multipliquem, eles conseguem matar as defeituosas.

— O ideal é reduzir ao máximo ingerir alimentos pré-prontos e recorrer à alimentação mais fresca. Exercícios físicos ajudarão a prevenir ganho de peso e o equilíbrio hormonal, que evita o superestímulo de produção desenfreada de células.

Hábitos de vida
Apesar da evolução da medicina nos últimos anos, segundo a coordenadora de oncologia do Instituto do Câncer, Pilar Esteves Diz, a tendência é que a doença se torne a primeira causa de morte.

— Os tratamentos evoluíram muito, novas drogas etc. Mas é preciso que as pessoas mudem seus hábitos de vida. O câncer é uma doença de saúde pública.

Além de alimentação saudável, exames preventivos devem ser feitos periodicamente. De acordo com a médica, quanto antes a descoberta da doença, mais é possível de ser tratada e chegar à cura.

Fonte: http://www.r7.com/



Bookmark and Share

< voltar   
Home     |     Clínica     |     Especialidades     |     Corpo clínico     |     Localização     |     Contato