Rua Sorocaba, 706 - Botafogo
CEP: 22271-110 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.:2103-1500 - Fax:2579-3713
E-mail: sac@clinicoop.com.br
Notícias

[06/06/2018]
Tratamento experimental curou câncer de mama em estágio avançado
O câncer, que já tinha se espalhado pelo corpo, foi derrotado pelas células da própria paciente – que foram colhidas, selecionadas, multiplicadas e reinjetadas
[04/06/2018]
Um em cada 4 adultos é sedentário, diz Organização Mundial da Saúde
OMS lança compromisso para diminuir falta de atividade física no mundo em 15% até 2030. Inatividade onera assistência em US$ 54 bilhões anuais, diz entidade.
[01/06/2018]
Cientistas produzem córnea humana usando impressora 3D
Trata-se apenas da demonstração da tecnologia, sem qualquer teste clínico ou em animais, mas com potencial para a produção indefinida de córneas
[25/05/2018]
Saiba qual a real gravidade do ebola e a chance do vírus chegar ao Brasil
Doença é altamente contagiosa sendo transmitida, inclusive, após a morte da pessoa infectada; República Democrática do Congo passa por epidemia

+ mais   
Dicas

Evite a retenção de líquidos através da alimentação


06/08/2010


Alimentos que ajudam na retenção de líquidos:
Pepino, abobrinha, chuchu, alface, abacaxi, pêra e melancia, que têm 90% de água.
Laranja, tomate, banana e manga, que ajudam a desinchar.
Melão, salsão, aspargo, agrião, rúcula e almeirão, todos diuréticos naturais.
Chás diuréticos: prefira chá verde, de carqueja ou cavalinha.
Fibras como aveia, granola, ameixa seca e uva, que previnem a prisão de ventre.
Folhas verde-escuras, que ativam a circulação.
Ervas aromáticas e especiarias em geral.
Alho, que diminui a pressão arterial e combate o inchaço.

Alimentos que devem ser evitados:
Repolho, couve, couve-flor e batata-doce, que fermentam e provocam gases.
Refrigerante (mesmo light e diet), porque é uma bebida rica em sódio.
Embutidos (salame, mortadela) e carnes como bacalhau e carne-seca. Eles têm muito sal.
Enlatados em geral: palmito, atum, sardinha, milho, ervilhas etc.
Café, chá mate, guaraná, achocolatado e outros alimentos que contêm cafeína.
Frituras e lanches servidos em fast-food.
Condimentos prontos, como ketchup e mostarda.
Doces. Aliás, abusar do açúcar acelera a produção de toxinas.



Bookmark and Share

< voltar   
Home     |     Clínica     |     Especialidades     |     Corpo clínico     |     Localização     |     Contato