Rua Sorocaba, 706 - Botafogo
CEP: 22271-110 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.:2103-1500 - Fax:2579-3713
E-mail: sac@clinicoop.com.br
Notícias

[20/04/2018]
Sobrepeso e obesidade causam 15 mil casos de câncer por ano no Brasil
Pelo menos 15 mil casos de câncer por ano no Brasil, ou 3,8% do total, poderiam ser evitados com a redução do excesso de peso e da obesidade
[18/04/2018]
rimeiro homem a fazer dois transplantes de rosto mostra resultado de cirurgia
Jérôme Hamon é o único homem do mundo a já ter tido 'três faces'
[16/04/2018]
Estudo aponta potencial de cura para diabetes tipo 1;
Pesquisa em cobaias publicada na 'Nature Communications'
[13/04/2018]
Vacina contra o câncer de pele desenvolvida no Brasil é testada com sucesso
Pesquisadores conseguiram eliminar tumores de camundongos.

+ mais   
Dicas

Dicas para controlar a pressão alta


15/08/2014



A hipertensão, conhecida popularmente como “pressão alta“, é uma doença que pode acarretar vários outros problemas na saúde, como falhas cardíacas, renais e até mesmo cerebrais. Como você pode ver, os problemas vão além de questões circulatórias.

Quais pessoas podem ser consideradas hipertensas?

Simples: aquelas que possuem pressão superior ou igual a 140/90mmHg.

A pressão alta é crônica e não possui cura, porém, existem formas de controlá-la. Portanto, é necessário fazer exames específicos frequentemente. Mas, fique atento: o fato de você estar com a pressão alta não quer dizer que sofre com a doença da pressão alta, ou seja, não quer dizer que é hipertenso. Todos estamos sujeitos a ter um aumento de pressão durante um momento de estresse ou após a prática pesada de exercícios físicos.

Para ser considerada hipertensa, a pessoa deve permanecer com a pressão alta durante o tempo todo, pois essa é uma característica (negativa) do seu organismo e não um estado passageiro.

Existem, entretanto, medidas que ajudam a controlar a pressão arterial de quem já sofre com a pressão alta ou quem quer, simplesmente, prevenir problemas de hipertensão. Assim, é possível levar uma vida de qualidade e manter a saúde. Confira.

• Formas de controlar e prevenir a pressão alta

- Controle o seu peso: o excesso de peso faz com que o coração tenha dificuldades de bombear o sangue e acabe hipertrofiado;

- Pratique alguma atividade física: atividades físicas ajudam no bom funcionamento circulatório e pulmonar, principalmente os aeróbicos. Porém, não exagere!

- Reduza o sal na sua vida: o excesso de sal faz com que líquidos sejam retidos no organismos, acarretando a hipertensão;

- Evite consumir bebidas alcoólicas: o álcool é um dos vilões da pressão arterial. Portanto, corte o consumo ou beba com bastante moderação;

- Cuide da sua alimentação: opte por gorduras saudáveis e por pouco sal. Consuma frutas, legumes e verduras, dando preferência a cortes magros de carnes;

- Tome os medicamentos recomendados pelo médico: eles são importantes e o seu uso deve ser respeitado. Porém, não tome medicamentos sem o conhecimento do seu médico, lembrando que anti-inflamatórios e anticoncepcionais podem aumentar a pressão;

- Corte o cigarro: parar de fumar imediatamente é muito importante para a saúde. Além de acarretar vários problemas, o cigarro pode elevar a pressão de forma imediata;

- Diminua o estresse: procure controlar as suas emoções, praticando atividades relaxantes e que favoreçam o seu bem-estar. O estresse pode causar a hipertensão, além de problemas cardíacos;

- Faça exames regularmente: os exames ajudam a diagnosticar a doença precocemente, além de facilitar na identificação do medicamento mais adequado a se usar;

- Não se esqueça de medir a sua pressão: todas as pessoas (que têm pressão alta ou não) devem medir a sua pressão arterial ao menos uma vez ao ano. Esse simples exame pode prevenir problemas muito mais sérios. É melhor prevenir do que remediar, não é mesmo?

- Pressão alta não é brincadeira. Portanto, cuide-se! Siga essas dicas para ajudar a controlá-la, preveni-la e fazer a manutenção da sua saúde.


Fonte: Cultivando Saúde



Bookmark and Share

< voltar   
Home     |     Clínica     |     Especialidades     |     Corpo clínico     |     Localização     |     Contato