Rua Sorocaba, 706 - Botafogo
CEP: 22271-110 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.:2103-1500 - Fax:2579-3713
E-mail: sac@clinicoop.com.br
Notícias

[18/01/2019]
Cientistas desenvolvem molécula que pode tratar insuficiência cardíaca
A Samba foi desenvolvida por pesquisadores da USP nos últimos dez anos, e o teste em ratos se mostrou promissor para ajudar pacientes que sofrem da doença.
[15/01/2019]
Dorme menos de 6 horas por noite?
Estudo indica que você tem mais chances de ter problemas de saúde
[10/01/2019]
É arriscado beijar bebês recém-nascidos?
Veja que cuidados tomar na hora da visita
[09/01/2019]
Exercícios impedem avanço do Alzheimer


+ mais   


Cientistas criam remédio que pode controlar diabetes sem injeções


16/03/2016


A novidade promete menos dor (e sofrimento) durante o tratamento da doença

Boa notícia para os portadores do diabetes: cientistas da Universidade da Carolina do Norte, EUA, desenvolveram uma espécie de atadura que facilita a aplicação de insulina - remédio para controlar a taxa de açúcar no sangue. O adesivo, do tamanho de uma moeda, possui micro agulhas que contem insulina e enzimas que detectam automaticamente as taxas de glicose no sangue e, assim, administram e soltam o medicamento de forma indolor.

De acordo com Zhen Gu, responsável pela pesquisa, o dispositivo foi projetado para trabalhar rápido e ser fácil de usar. Além disso, o remédio é feito com materiais não tóxicos. Todo o sistema pode ser personalizado de acordo com as necessidades do diabético e sua sensibilidade à insulina.

Até o momento, os testes foram realizados em ratos portadores de diabetes do tipo 1 e constatou a diminuição da glicose por até nove horas. Apesar de promissora, a inovação ainda é muito recente e, segundo os pesquisadores, eles precisam de mais alguns anos para saber como o dispositivo vai funcionar em humanos. Mesmo assim, a notícia já é animadora.

fonte: mdemulher



Bookmark and Share

< voltar   
Home     |     Clínica     |     Especialidades     |     Corpo clínico     |     Localização     |     Contato