Rua Sorocaba, 706 - Botafogo
CEP: 22271-110 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.:2103-1500 - Fax:2579-3713
E-mail: sac@clinicoop.com.br
Notícias

[20/07/2018]
Sete casos de sarampo são confirmados no Estado
Todos os episódios têm ligação com a Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), onde foi registrado o primeiro caso da doença
[16/07/2018]
Doença sexualmente transmissível pouco conhecida se alastra e alarma médicos
Infecção bacteriana mycoplasma genitalium causa dores, secreções e, no caso das mulheres, pode levar à infertilidade
[06/06/2018]
Tratamento experimental curou câncer de mama em estágio avançado
O câncer, que já tinha se espalhado pelo corpo, foi derrotado pelas células da própria paciente – que foram colhidas, selecionadas, multiplicadas e reinjetadas
[04/06/2018]
Um em cada 4 adultos é sedentário, diz Organização Mundial da Saúde
OMS lança compromisso para diminuir falta de atividade física no mundo em 15% até 2030. Inatividade onera assistência em US$ 54 bilhões anuais, diz entidade.

+ mais   


OMS alerta gestantes a não irem ao Rio de Janeiro


12/05/2016


Conselho foi dado em comunicado oficial da entidade sobre as Olimpíadas

O Zika vírus tem assustados pessoas no mundo todo. E por mais que o número de caso tenha reduzido no Brasil, as organizações mundiais ainda estão preocupadas. Por isso, a Organização Mundial da Saúde liberou um comunicado esta quinta (12) com alguns cuidados com a epidemia para quem for ao Rio de Janeiro.

Entre eles a OMS destaca a importância de gestantes não viajarem até a cidade sede das Olímpiadas e outros locais em que o vírus está em circulação ativa. Além disso, os parceiros de grávidas que visitarem a cidade devem ter relações sexuais usando preservativos até o nascimento do bebê. A restrição é maior para elas devido ao risco do feto desenvolver microcefalia, uma malformação relacionada ao Zika vírus.

Veja a seguir as outras recomendações da OMS:

• Consultar um médico antes de viajar

• Proteger-se ao longo do dia com repelentes e usar roupas de cores claras que cubram o máximo possível do corpo

• Praticar sexo seguro ou abster-se de relações por quatro semanas após o retorno do local, principalmente se tiver apresentado sintomas do Zika vírus

• Preferir locais com ar condicionado, em que há menor incidência de mosquitos

• Evite locais lotados ou áreas de pobreza em cidades sem saneamento básico ou água encanada, em que o risco de ser mordido é maior.


Fonte: Minha Vida



Bookmark and Share

< voltar   
Home     |     Clínica     |     Especialidades     |     Corpo clínico     |     Localização     |     Contato