Rua Sorocaba, 706 - Botafogo
CEP: 22271-110 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.:2103-1500 - Fax:2579-3713
E-mail: sac@clinicoop.com.br
Notícias

[20/07/2018]
Sete casos de sarampo são confirmados no Estado
Todos os episódios têm ligação com a Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), onde foi registrado o primeiro caso da doença
[16/07/2018]
Doença sexualmente transmissível pouco conhecida se alastra e alarma médicos
Infecção bacteriana mycoplasma genitalium causa dores, secreções e, no caso das mulheres, pode levar à infertilidade
[06/06/2018]
Tratamento experimental curou câncer de mama em estágio avançado
O câncer, que já tinha se espalhado pelo corpo, foi derrotado pelas células da própria paciente – que foram colhidas, selecionadas, multiplicadas e reinjetadas
[04/06/2018]
Um em cada 4 adultos é sedentário, diz Organização Mundial da Saúde
OMS lança compromisso para diminuir falta de atividade física no mundo em 15% até 2030. Inatividade onera assistência em US$ 54 bilhões anuais, diz entidade.

+ mais   


Exercícios, dieta balanceada e exames: saiba o que fazer para prevenir doenças


23/05/2016


Especialistas consultados pelo iG advertem que os três pilares são fundamentais para se ter uma vida melhor e mais saudável

Muitos brasileiros acreditam que a única hora de ir ao médico seja apenas quando sentem alguma dor ou incômodo, qualquer que seja a região do corpo. No entanto, especialistas alertam que se prevenir e fazer uma avaliação geral anualmente, ter uma alimentação balanceada e praticar exercícios físicos são atitudes essenciais para evitar doenças no futuro.

Jamile Kassis Ward, clínica-geral da iBrasil Saúde - empresa de descontos em exames e consultas - explica que a medicina preventiva serve, basicamente, para constatar o que a pessoa pode estar fazendo de errado com a sua saúde e como deve ter uma vida melhor e mais saudável. Com os testes, é possível detectar doenças em estágio inicial, o que sem eles só conseguiria perceber quando houvesse algum sintoma, e aí a enfermidade já estaria totalmente instalada, alerta a médica.

Para aqueles que têm algum tipo de receio em marcar consultas e fazer exames, Jamile alerta que a base da medicina é a prevenção, e não somente o tratamento. Muita gente tem medo de procurar um médico porque acha que vai descobrir alguma coisa. Mas eu tenho pacientes que se mostram arrependidos de não terem feito um check-up constante, conta.

Alguns dos exames mais indicados, como o hemograma, triglicerídeos e glicemia de jejum, devem ser feitos anualmente. A mulher, a partir dos 18 anos ou quando já tiver uma vida sexual ativa, precisa realizar o papanicolau para evitar o câncer de colo de útero. Já mamografia, para prevenir o câncer de mama, e densitometria óssea, exame para medir a densidade dos ossos e evitar a osteoporose, também devem ser feitos a partir dos 40 e 50 anos, respectivamente.

Já o homem deve se submeter ao PSA (exame de sangue) e ao teste de toque retal para se preservar do câncer de próstata. Jamile alerta que caso o paciente – tanto do sexo feminino quanto masculino – tenha algum registro da doença na família, é necessário realizar os exames cada vez mais cedo, e em alguns casos, mais de uma vez por ano.

O check-up anual deve ser agendado para evitar, principalmente, as doenças mais comuns no Brasil: Acidente Vascular Cerebral (AVC), doenças cardiovasculares, diabetes, câncer, problemas na coluna e hipertensão. A gente chama a pressão alta de doença traiçoeira. Ela vai deteriorando os órgãos sem a pessoa perceber, afirma a médica. Podemos dizer que quem tem os sintomas de hipertensão é um privilegiado.


• Complementos

Especialista em medicina preventiva e nutróloga da iBrasil Saúde, Letícia Monte adverte que para se preservar de enfermidades é preciso ir além dos exames anuais. Praticar exercícios físicos é essencial para se ter uma vida mais sadia, alerta a especialista. Além disso, segundo ela, a alimentação balanceada é fundamental. Comidas com alto índice glicêmico e gordura saturada devem ser evitadas.

A clínica-geral Jamile Kassis compara esses três pilares – testes, alimentação e atividade física – ao funcionamento de um carro. A gasolina seria a comida, a checagem de filtro e óleo, por exemplo, os exames, e ligar o veículo com frequência o exercício. Se o paciente fizer tudo isso, vai melhorar tanto a qualidade quanto a expectativa de vida.


Fonte: Saude iG



Bookmark and Share

< voltar   
Home     |     Clínica     |     Especialidades     |     Corpo clínico     |     Localização     |     Contato