Rua Sorocaba, 706 - Botafogo
CEP: 22271-110 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.:2103-1500 - Fax:2579-3713
E-mail: sac@clinicoop.com.br
Notícias

[20/07/2018]
Sete casos de sarampo são confirmados no Estado
Todos os episódios têm ligação com a Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), onde foi registrado o primeiro caso da doença
[16/07/2018]
Doença sexualmente transmissível pouco conhecida se alastra e alarma médicos
Infecção bacteriana mycoplasma genitalium causa dores, secreções e, no caso das mulheres, pode levar à infertilidade
[06/06/2018]
Tratamento experimental curou câncer de mama em estágio avançado
O câncer, que já tinha se espalhado pelo corpo, foi derrotado pelas células da própria paciente – que foram colhidas, selecionadas, multiplicadas e reinjetadas
[04/06/2018]
Um em cada 4 adultos é sedentário, diz Organização Mundial da Saúde
OMS lança compromisso para diminuir falta de atividade física no mundo em 15% até 2030. Inatividade onera assistência em US$ 54 bilhões anuais, diz entidade.

+ mais   


Barriga de cerveja: saiba porque ela é mais grave do que parece


30/07/2016


Identifique se você está no grupo de risco e como se livrar do problema

A nova campanha da marca alemã Bergedorfer Bier está dando o que falar. Isso porque ao menos em três peças eles trazem homens posando orgulhosos de suas "barrigas de cerveja", como se estivessem gestantes.

Ainda no mesmo tom de humor, o slogan da campanha da cerveja é "brewed with love" ("fabricado com amor"). Mas será que eles deveriam estar tão confiantes assim?

A "barriga de cerveja", ou gordura visceral, como é conhecida no meio médico, é um sinal que o corpo dá que provavelmente algo não vai bem com a saúde, e não deve ser ignorado.

O principal problema é o maior risco cardiovascular. Para se ter uma ideia, uma pesquisa da Clínica Mayo, nos Estados Unidos, envolvendo 12.785 pessoas com 18 anos ou mais, mostrou que pessoas com acúmulo de gordura na barriga têm mais risco de morrer por doenças cardiovasculares do que pessoas com obesidade, por exemplo. Saiba mais sobre o estudo.

Além disso, segundo explica a endocrinologista Alessandra Rascovski Gobbi, como a gordura no abdômen está próxima a órgãos vitais (coração, fígado, intestino, pâncreas, rins), é a mais perigosa. Ela também está relacionada a um maior risco de diabetes, hipertensão, demência e doenças ósseas. Saiba as diferenças entre os tipos de gordura no organismo.


Quais as medidas normais e de risco?

Pegue a fita métrica, posicione-a na linha do umbigo e vamos às medições:

Se você é homem, o ideal é que tenha a circunferência abdominal inferior a 94 cm. De 94 cm a 102 cm, você está na "zona de alerta" e, acima disso, precisa de atenção.

Agora se você é mulher e ocidental, segundo o nutrólogo Roberto Navarro, a sua circunferência abdominal deve estar abaixo de 88 cm. Se é oriental, a sua medida não deve passar de 80 cm.


Dicas para perder barriga

Não há uma fórmula mágica, a melhor forma de perder barriga é com exercícios e adequar a alimentação. Mas também não adianta tentar diversas coisas ao mesmo tempo e esperar ter um bom resultado. Veja aqui o que realmente funciona para perder barriga e todas as nossas dicas para reduzir medidas.


Fonte: Minha Vida



Bookmark and Share

< voltar   
Home     |     Clínica     |     Especialidades     |     Corpo clínico     |     Localização     |     Contato