Rua Sorocaba, 706 - Botafogo
CEP: 22271-110 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.:2103-1500 - Fax:2579-3713
E-mail: sac@clinicoop.com.br
Notícias

[15/03/2019]
Comer cogumelos duas vezes por semana reduz risco de perda de memória
Comer cogumelos ao menos duas vezes por semana pode ajudar a prevenir problemas de memória e fala em pessoas com mais de 60 anos.
[22/02/2019]
Minicérebros criados em laboratório no Rio têm até olhos
No futuro, testes dirão se os organoides podem enxergar; estruturas devem servir para entender doenças e avaliar medicamentos
[15/02/2019]
Gonorreia: por que a doença está ficando resistente a medicamentos
Bactéria responsável pela infecção sexualmente transmissível está desenvolvendo resistência aos antibióticos existentes
[14/02/2019]
Surto de febre amarela avança para Sudeste e Sul, alerta OMS
Em comunicado emitido em Brasília, entidade amplia área de vacinação para estrangeiros e aponta para terceira onda de contaminação

+ mais   


O leite em pó é melhor ou pior do que o de caixinha?


15/08/2016


Na verdade, quase não há diferença entre eles

Segundo Ana Clarissa dos Santos Pires, professora do Departamento de Tecnologia de Alimentos da Universidade Federal de Viçosa, em Minas Gerais, o leite em pó perde poucos nutrientes durante sua fabricação. Isso porque ela acontece mais ou menos assim: a bebida passa por uma máquina que faz com que ela perca água e se torne uma pasta. Depois, esse material é borrifado na forma de gotículas em um equipamento cheio de ar quente e seco, chamado "spray dryer". Nesse momento, o produto se transforma em pó. A perda de nutrientes é minimizada porque, durante o processo todo, o líquido não chega a ser submetido a altas temperaturas. "Portanto, essa versão não é contraindicada. Inclusive, é muito útil porque dura mais tempo", analisa Ana Clarissa.

Fonte: MdeMulher



Bookmark and Share

< voltar   
Home     |     Clínica     |     Especialidades     |     Corpo clínico     |     Localização     |     Contato