Rua Sorocaba, 706 - Botafogo
CEP: 22271-110 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.:2103-1500 - Fax:2579-3713
E-mail: sac@clinicoop.com.br
Notícias

[13/11/2018]
Aplicativo de celular identifica com precisão ataques cardíacos
Pesquisadores acreditam que aplicativo poderia ajudar pessoas em países sem acesso a exames como o eletrocardiograma tradicional.
[12/11/2018]
Exame de cinco minutos pode prever o risco de demência, diz estudo
Doença estaria associada a maior pulsação arterial, que desencadearia declínio cognitivo
[07/11/2018]
Inteligência artificial consegue prever Alzheimer anos antes do diagnóstico

[05/11/2018]
O inovador implante na medula que fez homem com paralisia voltar a andar
Cientistas da Suíça desenvolveram método que estimula impulsos em medula espinhal de pacientes.

+ mais   


Vacina contra zika vírus deve ser testada em humanos em dois meses


19/10/2016


Diretor da instituição se reunirá ainda esta semana com a Anvisa para discutir detalhes da aprovação

Na última segunda-feira (19/09/2016), o diretor do Instituto Butantan, Jorge Kalil, anunciou que a instituição espera, em dois meses testar em humanos a vacina contra o zika vírus. A vacina é resultado de uma parceria com um instituto americano, que utiliza um pequeno fragmento de DNA, sinteticamente produzido em laboratórios, capaz de codificar uma proteína do vírus, gerando uma resposta imunológica do organismo.

''É uma tecnologia absolutamente revolucionária, que sabemos sabe que não tem nada de infeccioso e não causa problemas para a grávida" revelou Kalil, ressaltando a importância da preocupação com gestantes que, quando infectadas, correm o risco de gerar bebês com microcefalia.

A instituição ainda terá, nesta semana, uma reunião com a Anvisa para discussão de aprovação de testes clínicos. Kalil afirmou que tanto a Anvisa quanto o Conselho Nacional de Ética em Pesquisa estão sensibilizados com a questão, reforçando a ideia de que em no máximo saia a aprovação.

O Instituto Butantan ainda trabalha no desenvolvimento de um soro contra o zika e anticorpos monoclonais para combatê-lo, para que ambos possam neutralizar o vírus no organismo da pessoa infectada. Além disso, o instituto tem em andamento um projeto de vacina do zika, junto aos americanos da Autoridade de Desenvolvimento e Pesquisa Biomédica Avançada (Barda, em inglês), órgão relacionado ao Departamento de Saúde e Serviços Humanos do governo americano (HHS).

Cientistas da instituição também já trabalham em processos de cultura, purificação e inativação do vírus em laboratório.


Fonte: Minha Vida



Bookmark and Share

< voltar   
Home     |     Clínica     |     Especialidades     |     Corpo clínico     |     Localização     |     Contato