Rua Sorocaba, 706 - Botafogo
CEP: 22271-110 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.:2103-1500 - Fax:2579-3713
E-mail: sac@clinicoop.com.br
Notícias

[06/06/2018]
Tratamento experimental curou câncer de mama em estágio avançado
O câncer, que já tinha se espalhado pelo corpo, foi derrotado pelas células da própria paciente – que foram colhidas, selecionadas, multiplicadas e reinjetadas
[04/06/2018]
Um em cada 4 adultos é sedentário, diz Organização Mundial da Saúde
OMS lança compromisso para diminuir falta de atividade física no mundo em 15% até 2030. Inatividade onera assistência em US$ 54 bilhões anuais, diz entidade.
[01/06/2018]
Cientistas produzem córnea humana usando impressora 3D
Trata-se apenas da demonstração da tecnologia, sem qualquer teste clínico ou em animais, mas com potencial para a produção indefinida de córneas
[25/05/2018]
Saiba qual a real gravidade do ebola e a chance do vírus chegar ao Brasil
Doença é altamente contagiosa sendo transmitida, inclusive, após a morte da pessoa infectada; República Democrática do Congo passa por epidemia

+ mais   


Entenda as causas da dificuldade para engordar


06/12/2016


Diabetes, depressão, anorexia e excesso de uma proteína são algumas das causas

A obesidade é um problema de saúde publica, de difícil controle, mas por mais paradoxal que pareça, há pessoas que "lutam" muito para engordar e não conseguem.

É importante começar esclarecendo a definição da magreza. O índice de massa corpórea, (IMC) que se obtém através do cálculo do peso dividido pela altura ao quadrado, quando abaixo de 19 kg/m² indica um indivíduo magro. A magreza causa muita preocupação quando o IMC é menor do que 17, contudo devemos valorizar se esta pessoa sempre manteve um peso mais baixo, mas é saudável (essa magreza é o biótipo da pessoa) ou se houve um emagrecimento recente, por exemplo, perdeu 6 quilos em 2 meses, sem mudar hábitos alimentares de modo significativo ou potencializar atividade física.

Em relação aos "magros de ruim", aqueles que comem o que bem entendem e não engordam, existem várias teorias. A mais relevante é a ação das UCPS (uncoupled proteins) ou proteínas desacopladoras, que quando em grande quantidade dissipam a energia consumida pelo aumento na forma de calor e ai não ocorre armazenamento na forma de gordura. Sabe-se que os magros têm maior quantidade de UCPS quando comparados aos gordinhos e por isso, comem mais e não engordam.

Entre as causas para não conseguir engordar, estão: doenças da tireoide (hipertireoidismo), doenças da adrenal, diabetes descompensado, infecções, cânceres dos mais diversos tipos, anorexia, AIDS, depressão.

A primeira abordagem para tratar a pessoa que quer ganhar peso é rever a alimentação e aumentar o aporte de alimentos energéticos, ou seja, das calorias, mas também sem perder de vista a ingestão de alimentos saudáveis: proteínas e gorduras boas. Outro ponto importante é observar a composição corporal, para que ocorra um ganho de peso não só às custas de gordura. Incluir exercícios que utilizam pesos, como a musculação, ajuda a aumentar o peso às custas de massa muscular.

Para que a magreza seja melhor avaliada e não esconda uma desnutrição, na dúvida, consulte um médico ou nutricionista.


Fonte: Minha Vida



Bookmark and Share

< voltar   
Home     |     Clínica     |     Especialidades     |     Corpo clínico     |     Localização     |     Contato