Rua Sorocaba, 706 - Botafogo
CEP: 22271-110 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.:2103-1500 - Fax:2579-3713
E-mail: sac@clinicoop.com.br
Notícias

[20/07/2018]
Sete casos de sarampo são confirmados no Estado
Todos os episódios têm ligação com a Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), onde foi registrado o primeiro caso da doença
[16/07/2018]
Doença sexualmente transmissível pouco conhecida se alastra e alarma médicos
Infecção bacteriana mycoplasma genitalium causa dores, secreções e, no caso das mulheres, pode levar à infertilidade
[06/06/2018]
Tratamento experimental curou câncer de mama em estágio avançado
O câncer, que já tinha se espalhado pelo corpo, foi derrotado pelas células da própria paciente – que foram colhidas, selecionadas, multiplicadas e reinjetadas
[04/06/2018]
Um em cada 4 adultos é sedentário, diz Organização Mundial da Saúde
OMS lança compromisso para diminuir falta de atividade física no mundo em 15% até 2030. Inatividade onera assistência em US$ 54 bilhões anuais, diz entidade.

+ mais   


Nutricionista ensina como escolher as frutas para a ceia de Natal


21/12/2016


As frutas são um destaque a parte nos pratos e na decoração da ceia de Natal. Na hora de escolher a romã, uva, lichia, cereja, ameixa e pêssego, típicas dessa época, é essencial ficar atento ao aroma, textura e coloração para garantir a qualidade da fruta e deixar a noite de Natal ainda mais bonita e saborosa. Aquelas que não forem consumidas na ceia ainda podem ser armazenadas e utilizadas em outro momento. 😉

As frutas frescas não podem ser armazenadas por muito tempo, por isso o ideal é comprá-las o mais próximo possível da ceia, entre 2 e 3 dias antes. Uva, pêssego e ameixa podem ser compradas um pouco antes e conservadas sob refrigeração, indica Thais Vieira, nutricionista do Oba Hortifruti.

Caso sobrem frutas depois da ceia, aquelas que não foram manipuladas podem e devem ser guardadas. O ideal é armazená-las separadamente, em potes ou saquinhos plásticos, e manter sob refrigeração ou congeladas. Cereja, abacaxi, morango e uvas podem ser congeladas e usadas em outras preparações. Já as outras frutas resistem em refrigeração cerca de 4 dias, orienta a nutricionista.

Romã

A casca deve estar sem manchas, brilhante, firme e com a cor bem viva. A variedade americana é a que possui sementes com mais suco. Acrescente em saladas de folhas verdes, assados e sobremesas.

Uva

Prefira os cachos cheios e firmes. Observar se a fruta se desprende facilmente do cacho, isso é sinal de que a fruta já está muito madura. Vai muito bem na elaboração de guarnições de carnes, peixes e aves assadas. Também pode ser usada em saladas de folhas e decorações de doces.

Lichia

A casca deve estar grossa, com a polpa consistente e sem rachaduras. Quanto mais vermelha, mais madura e saborosa. É excelente para o preparo de sobremesas, saladas e em pratos de carnes suínas e aves.

Cereja

Observe se está com a cor vermelha brilhante, sem manchas e firme. Prefira a que conserve o cabinho bem verde e brilhante, isso indica que ela está saudável e fresca. Muito boa para ser consumida in natura, utilizada na preparação de caldas, doces, recheios e decorações de bolos. Combina perfeitamente com chocolate.

Ameixa

As mais gostosas são bem perfumadas e com a cor vermelha concentrada. Deve estar firme ao toque. Ótima para combinações agridoces, ela fica deliciosa em molhos para acompanhar lombo suíno assado. Ainda pode ser usada para incrementar farofas.

Pêssego

Prefira o que estiver com a casca mais avermelhada, assim estará maduro e docinho. Use em assados com carne suína, pavês e tortas de frutas.

Fonte: http://dietaja.uol.com.br/nutricionista-ensina-como-escolher-as-frutas-para-a-ceia-de-natal/#



Bookmark and Share

< voltar   
Home     |     Clínica     |     Especialidades     |     Corpo clínico     |     Localização     |     Contato