Rua Sorocaba, 706 - Botafogo
CEP: 22271-110 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.:2103-1500 - Fax:2579-3713
E-mail: sac@clinicoop.com.br
Notícias

[15/03/2019]
Comer cogumelos duas vezes por semana reduz risco de perda de memória
Comer cogumelos ao menos duas vezes por semana pode ajudar a prevenir problemas de memória e fala em pessoas com mais de 60 anos.
[22/02/2019]
Minicérebros criados em laboratório no Rio têm até olhos
No futuro, testes dirão se os organoides podem enxergar; estruturas devem servir para entender doenças e avaliar medicamentos
[15/02/2019]
Gonorreia: por que a doença está ficando resistente a medicamentos
Bactéria responsável pela infecção sexualmente transmissível está desenvolvendo resistência aos antibióticos existentes
[14/02/2019]
Surto de febre amarela avança para Sudeste e Sul, alerta OMS
Em comunicado emitido em Brasília, entidade amplia área de vacinação para estrangeiros e aponta para terceira onda de contaminação

+ mais   


A imaginação faz a poeira baixar


22/12/2016


Nossa consultora de ioga, Andrea Wellbaum, do Estúdio Hot Yoga São Paulo, sugere uma técnica de visualização para minimizar a dor de cabeça. A prática ajuda a conduzir o pensamento a nosso favor e reduz o mal-estar, como se sofrêssemos uma consequência direta do que pensamos. Deitado (no chão ou na cama) sobre um travesseiro ou cobertor dobrado para descansar a cabeça, feche os olhos e respire lenta e profundamente pelo nariz. Faça três ou quatro respirações longas, sugere a especialista. Quando sentir que está bastante tranquilo e focado, imagine suas mãos imersas em água morna e sinta que o fluxo de sangue para essa região está deixando suas mãos rosa ou avermelhadas. Ao mesmo tempo em que suas mãos e dedos esquentam, imagine sua cabeça esfriando. Permaneça com essas imagens e sensações por cinco a dez minutos.

Ideias que curam

Outro exercício de visualização que ajuda a aplacar a dor (qualquer dor) é o sugerido pela psicóloga Maria Isabel Serafim Trench, do Centro Oncológico de Recuperação e Apoio (Cora), de São Paulo:

» Feche os olhos e faça cinco respirações profundas.

» Observe mentalmente cada parte do seu corpo e procure relaxar aquelas que estão mais tensas.

» Pense que sua dor é uma nuvem muito escura que paira acima da sua cabeça, e que você a está segurando por uma cordinha. Repare na textura, na forma e no tamanho da nuvem.

» Visualize-se, então, soltando a cordinha e deixando a nuvem subir para o céu. Observe-a mudando de cor, fi cando menor e subindo cada vez mais alto, até se dissipar completamente e desaparecer.

» Observe também se a intensidade da dor está diminuindo. » Ao abrir os olhos, devagarinho, você estará pronto para voltar às suas atividades.

Fonte: http://bonsfluidos.uol.com.br/noticias/tudo-de-bom/a-imaginacao-faz-a-poeira-baixar.phtml



Bookmark and Share

< voltar   
Home     |     Clínica     |     Especialidades     |     Corpo clínico     |     Localização     |     Contato