Rua Sorocaba, 706 - Botafogo
CEP: 22271-110 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.:2103-1500 - Fax:2579-3713
E-mail: sac@clinicoop.com.br
Notícias

[15/03/2019]
Comer cogumelos duas vezes por semana reduz risco de perda de memória
Comer cogumelos ao menos duas vezes por semana pode ajudar a prevenir problemas de memória e fala em pessoas com mais de 60 anos.
[22/02/2019]
Minicérebros criados em laboratório no Rio têm até olhos
No futuro, testes dirão se os organoides podem enxergar; estruturas devem servir para entender doenças e avaliar medicamentos
[15/02/2019]
Gonorreia: por que a doença está ficando resistente a medicamentos
Bactéria responsável pela infecção sexualmente transmissível está desenvolvendo resistência aos antibióticos existentes
[14/02/2019]
Surto de febre amarela avança para Sudeste e Sul, alerta OMS
Em comunicado emitido em Brasília, entidade amplia área de vacinação para estrangeiros e aponta para terceira onda de contaminação

+ mais   


Vitamina D melhora tratamento para infecção pulmonar


04/09/2012


A suplementação com vitamina D pode ajudar no tratamento da tuberculose pulmonar, uma infecção bacteriana contagiosa. De acordo com estudo publicado no periódico científico PNAS (Proceedings of the National Academy of Sciences), a vitamina tem a capacidade de acelerar a resposta imunológica induzida pelo tratamento medicamentoso, além de ajudar a controlar o tamanho da própria inflamação.

Para avaliar os efeitos da vitamina D, a pesquisadora Anna Coussens e equipe dividiram 95 voluntários em dois grupos. Todos eles estavam recebendo tratamento para a tuberculose pulmonar com medicamentos. Além dos remédios, 44 pacientes receberam também altas dosagens de suplemento de vitamina D, enquanto 51 receberam placebo. Aqueles indivíduos que ingeriram a vitamina D eliminaram as bactérias dos pulmões mais rapidamente do que aqueles que receberam placebo. A vitamina também reduziu respostas inflamatórias possivelmente prejudiciais.

Resultados — De acordo com Anna, os danos no tecido pulmonar causados por respostas inflamatórias podem, às vezes, levar ao desenvolvimento de cavidades no órgão. Ao acelerar o processo de cura, os pacientes poderiam ser infecciosos por um período de tempo mais curto, além de sofrer um menor dano pulmonar — quando comparados ao processo de progressão natural da doença.

A habilidade da vitamina D para minimizar a resposta inflamatória, sem comprometer a ação dos antibióticos, levanta ainda a possibilidade, dizem os autores, de que sua suplementação possa também beneficiar outros pacientes. Entre eles, estão aqueles que recebem terapia antimicrobiana para pneumonia e outras infecções pulmonares.

Fonte: www.veja.abril.com.br



Bookmark and Share

< voltar   
Home     |     Clínica     |     Especialidades     |     Corpo clínico     |     Localização     |     Contato