Rua Sorocaba, 706 - Botafogo
CEP: 22271-110 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.:2103-1500 - Fax:2579-3713
E-mail: sac@clinicoop.com.br
Notícias

[19/09/2018]
Veja como usar o bicarbonato de sódio na limpeza de casa
Se você ainda não possui um saquinho de bicarbonato de sódio em casa, você deve comprar já.
[18/09/2018]
Varizes e AVC: tem relação?
Especialistas tiram dúvidas no Bem Estar.
[17/09/2018]
1 em 5 homens e 1 em 6 mulheres terão câncer em algum momento da vida
Dados são do último relatório estatístico sobre a situação do câncer no mundo, da Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer.
[13/09/2018]
Manchas e rugas podem indicar como andam órgãos importantes
Algumas manchas podem indicar resistência à insulina. As rugas em fumantes podem indicar obstruções no pulmão.

+ mais   


Casos de varizes aumentam no verão por causa das altas temperaturas


22/01/2018


Se suas pernas ficam inchadas, pesadas, e frequentemente apresentam câimbras e ardências, pode ser um sinal de que você precisa se consultar, o quanto antes, com um angiologista ou um cirurgião vascular. Esses são alguns dos sintomas das doenças venosas. As temperaturas elevadas, como as do verão, favorecem o surgimento das varizes.

— O calor sempre promove uma vasodilatação e as veias sofrem muito com esse processo porque, ao aumentarem de tamanho, elas têm dificuldade de conduzir os sangue dos membros inferiores de volta ao coração — explica Gina Mancini, membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular do Rio de Janeiro (SBACV-RJ).

As varizes nos membros inferiores costumam surgir mais nas mulheres: de acordo com Breno Caiafa, presidente da SBACV-RJ, pessoas do sexo feminino têm quatro vezes mais chance de desenvolver o problema, por conta de questões hormonais

— Isso pode acontecer naturalmente ou pelo uso de anticoncepcionais orais ou por causa de remédios de reposição hormonal. Essa doença costuma aparecer a partir dos 30 anos. Também existe um fator familiar, que aumenta a possibilidade — afirma o médico.

Quando as varizes começam a aparecer, as mulheres logo se preocupam com a questão estética, já que veias ficam altas, tortas e com colorações azuladas. Mas o especialista faz um alerta: a evolução da doença pode provocar problemas graves.

— Em algumas pessoas, a dilatação da veia é maior. Varizes não tratadas podem favorecer o surgimento de complicações como trombose e úlceras (feridas de difícil cicatrização) — diz Breno.

O tratamento pode ser feito por meio de escleroterapia (queima dos vasinhos das varizes) ou cirurgia. Gina ressalta que a doença não tem cura.

— O paciente não pode encarar o tratamento como uma solução definitiva para o problema. É preciso sempre manter os cuidados e procurar a orientação do especialista para saber o que pode fazer a fim de melhorar seu quadro — conclui.

Como Evitar

ão fique parado por muito tempo, nem em pé nem sentado. No trabalho ou em uma viagem, faça pequenas caminhadas a cada duas horas

Faça exercícios físicos que ajudem a fortalecer os músculos da perna. Isso ajuda as veias a devolverem o sangue para o coração

Mantenha-se dentro do peso ideal para sua idade e altura

Evite comer comidas com muito sal, pois isso favorece a retenção de líquido, que por conta da gravidade, vai parar nas pernas

Não use saltos altos com muita frequência porque este tipo de calçado dificulta o retorno do sangue ao coração

Se possível, procure ficar em locais com temperaturas amenas

Se você sente sintomas como inchaço, sensação de peso, câimbras e ardência nas pernas, procure logo um angiologista ou um cirurgião vascular.

Fonte: IBahia



Bookmark and Share

< voltar   
Home     |     Clínica     |     Especialidades     |     Corpo clínico     |     Localização     |     Contato