Rua Sorocaba, 706 - Botafogo
CEP: 22271-110 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.:2103-1500 - Fax:2579-3713
E-mail: sac@clinicoop.com.br
Notícias

[15/03/2019]
Comer cogumelos duas vezes por semana reduz risco de perda de memória
Comer cogumelos ao menos duas vezes por semana pode ajudar a prevenir problemas de memória e fala em pessoas com mais de 60 anos.
[22/02/2019]
Minicérebros criados em laboratório no Rio têm até olhos
No futuro, testes dirão se os organoides podem enxergar; estruturas devem servir para entender doenças e avaliar medicamentos
[15/02/2019]
Gonorreia: por que a doença está ficando resistente a medicamentos
Bactéria responsável pela infecção sexualmente transmissível está desenvolvendo resistência aos antibióticos existentes
[14/02/2019]
Surto de febre amarela avança para Sudeste e Sul, alerta OMS
Em comunicado emitido em Brasília, entidade amplia área de vacinação para estrangeiros e aponta para terceira onda de contaminação

+ mais   


Fumantes dormem menos e têm mais distúrbios do sono, diz estudo


17/09/2012


Um estudou da escola de medicina Charite Berlin concluiu que fumantes dormem menos e tem mais distúrbios do sono do que não-fumantes. As informações são do jornal inglês Daily Mail.

Pesquisadores analisaram cerca de 1.100 fumantes e 17% dormiram por menos de seis horas, enquanto 28% afirmaram que não tiveram uma boa qualidade de sono. Em contraponto, 1.200 não-fumantes participaram do estudo e os resultados foram 7% e 19% para os mesmos quesitos, respectivamente.

"Esse estudo mostra, pela primeira vez, que os fumantes têm mais distúrbios do sono quando comparados aos não-fumantes", afirmou Stefan Cohrs, o líder da pesquisa. "As descobertas ainda não provam que o fumo afeta diretamente o sono, já que os fumantes podem ter outros hábitos que prejudicam a qualidade das horas de descanso", acrescentou.

Outro estudo realizado pela Charite Berlin incluiu 1.071 fumantes e 1.243 não-fumantes, que responderam à uma enquete sobre a qualidade do sono. Após analisar as respostas dos participantes, a pesquisa concluiu que mais de um quarto dos fumantes foi diagnosticado com distúrbios do sono, com grandes possibilidades de sofrerem de insônia. Apesar de existirem outros hábitos que podem afetar as horas de descanso, Cohrs acredita que a nicotina é uma das grandes culpas.

De acordo com outros estudos, a má qualidade do sono está relacionada a problemas de saúde como obesidade, diabetes e doenças do coração.

Fonte: www.saude.terra.com.b



Bookmark and Share

< voltar   
Home     |     Clínica     |     Especialidades     |     Corpo clínico     |     Localização     |     Contato