Rua Sorocaba, 706 - Botafogo
CEP: 22271-110 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.:2103-1500 - Fax:2579-3713
E-mail: sac@clinicoop.com.br
Notícias

[21/01/2019]
Evolução da sífilis: quando se deve buscar ajuda
Entenda como a sífilis evolui e saiba quando procurar ajuda
[18/01/2019]
Cientistas desenvolvem molécula que pode tratar insuficiência cardíaca
A Samba foi desenvolvida por pesquisadores da USP nos últimos dez anos, e o teste em ratos se mostrou promissor para ajudar pacientes que sofrem da doença.
[15/01/2019]
Dorme menos de 6 horas por noite?
Estudo indica que você tem mais chances de ter problemas de saúde
[10/01/2019]
É arriscado beijar bebês recém-nascidos?
Veja que cuidados tomar na hora da visita

+ mais   


Saúde vai facilitar vacina contra gripe para obesos e diabéticos em 2013


29/10/2012


O Ministério da Saúde pretende facilitar, a partir de 2013, o acesso à vacina contra a gripe para pacientes crônicos, como obesos mórbidos, diabéticos, pessoas que fizeram transplantes de órgãos ou medula e aquelas que estão com baixa resistência do sistema imunológico, por causa de doenças como o HIV ou medicamentos.

Além desses grupos, serão alvo outros indivíduos considerados mais vulneráveis, como os que têm problemas respiratórios, cardíacos, renais, hepáticos e neurológicos crônicos. Também terão prioridade mulheres que deram à luz há menos de um mês e quem tem síndrome de Down.

A ação deve começar na próxima campanha contra o vírus influenza, no primeiro semestre do ano que vem, e pretende atender seis milhões de pessoas. O ministério informa que 35 mil postos de saúde da rede pública devem reforçar as doses.

A medida serve para evitar que essas pessoas fiquem ainda mais doentes e agravem as condições que já apresentam. Nesses casos, a gripe tende a ser mais forte e ter complicações.

Outros alvos tradicionalmente prioritários nas campanhas são crianças menores de 2 anos, idosos, gestantes, profissionais da saúde, presidiários e indígenas. Este ano, a meta de vacinação desses grupos era de 80% e foi superada, chegando a 86,24%.

A vacina contra a gripe protege contra os três principais tipos de vírus que circularam no inverno no ano anterior – um deles é o da gripe suína (H1N1). Duas vezes por ano, em fevereiro e setembro, a Organização Mundial da Saúde (OMS) divulga a composição das doses necessárias para os hemisférios Norte e Sul.

O principal sintoma da gripe é febre (mais de 38° C), tosse, fraqueza, dor de cabeça, de garganta e no corpo. A maioria dos casos se cura sozinha, mas pacientes com doenças crônicas podem precisar de atendimento médico imediato. Uma boa forma de prevenção, segundo o ministério, é cuidar da higiene pessoal, como lavar as mãos várias vezes por dia e proteger a própria tosse ou o espirro com um lenço descartável ou com o cotovelo.

Fonte: g1.globo.com



Bookmark and Share

< voltar   
Home     |     Clínica     |     Especialidades     |     Corpo clínico     |     Localização     |     Contato