Rua Sorocaba, 706 - Botafogo
CEP: 22271-110 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.:2103-1500 - Fax:2579-3713
E-mail: sac@clinicoop.com.br
Notícias

[13/11/2018]
Aplicativo de celular identifica com precisão ataques cardíacos
Pesquisadores acreditam que aplicativo poderia ajudar pessoas em países sem acesso a exames como o eletrocardiograma tradicional.
[12/11/2018]
Exame de cinco minutos pode prever o risco de demência, diz estudo
Doença estaria associada a maior pulsação arterial, que desencadearia declínio cognitivo
[07/11/2018]
Inteligência artificial consegue prever Alzheimer anos antes do diagnóstico

[05/11/2018]
O inovador implante na medula que fez homem com paralisia voltar a andar
Cientistas da Suíça desenvolveram método que estimula impulsos em medula espinhal de pacientes.

+ mais   


Leve em consideração sete critérios antes de escolher uma atividade física


03/06/2013



Personalidade e gosto pessoal devem ser levados em conta na hora de começar a se exercitar

Começar uma atividade física é descobrir um novo mundo. Mas depois de um, no máximo dois meses, a novidade pode virar rotina e dar lugar à preguiça e à desmotivação. Isso acontece com você? Então saiba que a culpa pela desistência não é só sua, ela é também da própria atividade física, que não combinava com você. Isso mesmo, para que seja certeira, a escolha do exercício deve levar em conta alguns fatores. O fisiologista do exercício Raul Santo, professor doutor da Universidade São Judas Tadeu, de São Paulo, explica que o gosto pela atividade física é um deles. "É o prazer ao realizar determinado exercício que vai te fazer persistir nele", explica. Mas existem outros seis critérios que você não pode ignorar na hora de escolher o seu esporte. O Minha Vida conversou com os especialistas e elaborou uma lista de requisitos para que você dê um xeque-mate no sedentarismo. Confira.

Delimite seus objetivos pessoais

Quando o assunto é atividade física muitos objetivos vêm à mente: emagrecer, ganhar massa muscular, melhorar o condicionamento físico... Mas o educador físico Givanildo Matias, da Test Trainer, explica que é muito importante priorizar um deles, o mais importante no momento. "É essa atitude que vai aumentar as chances de sucesso ao escolher sua atividade física". O educador físico recomenda:

* Para ganhar massa muscular invista em musculação, treinamento funcional e, em alguns casos, até no pilates;

* Para melhorar a capacidade cardiorrespiratória invista em: corrida, natação, hidroginástica, ciclismo e outras modalidades aeróbicas;

* Para emagrecer invista também em exercícios aeróbicos, escolha-os de acordo com o seu nível de atividade física e, preferencialmente, com o acompanhamento de um educador físico.

Mas se você quer mesmo é espantar o estresse, qualquer atividade física é uma boa opção, já que libera a serotonina, hormônio relacionado ao bem-estar. Outra opção é optar por modalidades que trabalham corpo e mente. Veja aqui cinco exercícios que valem por dois.

- Descubra do que você gosta

Pode acreditar: ninguém vai praticar por muito tempo uma atividade de que não gostar. Por isso, na hora da escolha, dê preferência a atividades que te deixem mais motivados. Se você ainda não conhece muito bem seus gostos no campo do exercício físico, a melhor opção, segundo Givanildo Matias, é testar várias modalidades. "Na média, um mês testando cada atividade já será mais do que suficiente para saber se vai gostar ou não dela", orienta. Caso você já tenha praticado alguma atividade física sem que tenha conseguido gostar dela, o melhor a fazer é riscá-la da sua lista e pular para o próximo. Por outro lado, vale lembrar de exercícios que você gostava de fazer e tentar fazê-los novamente.

- Decifre sua personalidade

Seja sua personalidade tímida ou extrovertida, é fundamental que você se sinta bem durante o treino. "A questão do ambiente, por exemplo, é muito pessoal", explica Givanildo Matias. "Em um ambiente de academia existem atividades com mais ou menos exposição". A musculação é uma atividade individual, já a aula de ginástica é coletiva e pode haver mais exposição. Pense em como você irá se sentir nesses ambientes, e lembre-se que você tem outras opções, como natação, caminhada, esportes coletivos, enfim, o que manda é a sua criatividade.

- Entenda seu relógio biológico

O relógio biológico individual deve ser levado em conta no momento de definir o horário do exercício. Algumas pessoas simplesmente não funcionam no período da manhã, outras não têm disposição à noite. O fisiologista do exercício Raul Santo explica que essas tendências são individuais e têm origem cultural. "Quem nunca teve o hábito de acordar cedo, dificilmente tirará o melhor proveito de uma atividade física de manhã, por exemplo". Por isso, exercite-se no período do dia você tem mais disposição.

- Pense no acesso à atividade

Para que a fuga do sedentarismo dê certo é indicado que você tenha acesso fácil ao exercício. Uma academia perto de casa ou do trabalho pode ser uma opção mais prática que correr no parque que fica longe do seu espaço normal de deslocamento, por exemplo. Assim fica mais difícil dar o cano na atividade física. Givanildo Matias lembra ainda que hoje existem personal trainers que podem ir até você, acabando com o problema definitivamente.

- Descubra suas aptidões

"Para que haja persistência no exercício é fundamental que você leve em conta suas aptidões, procurando atividades com as quais tenha mais contato e admiração, assim até o rendimento será maior", explica Raul Santo. Se você ficar em dúvida, vale agendar uma avaliação com um educador físico, que a partir de uma avaliação conseguirá identificar sua aptidão.

- Aceite seus limites

Você pode praticar a atividade física que bem entender, no entanto deve respeitar os limites do seu corpo. Givanildo Matias explica que, independente da atividade que você decidir fazer, é importante consultar um médico antes e fazer uma boa avaliação física e, junto com o educador físico, ficará mais fácil definir suas atividades de acordo com a sua realidade." Se você for portador de uma canelite, por exemplo, dificilmente persistirá na corrida por muito tempo", explica Raul Santo.


Fonte: Minha Vida



Bookmark and Share

< voltar   
Home     |     Clínica     |     Especialidades     |     Corpo clínico     |     Localização     |     Contato