Rua Sorocaba, 706 - Botafogo
CEP: 22271-110 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.:2103-1500 - Fax:2579-3713
E-mail: sac@clinicoop.com.br
Notícias

[13/11/2018]
Aplicativo de celular identifica com precisão ataques cardíacos
Pesquisadores acreditam que aplicativo poderia ajudar pessoas em países sem acesso a exames como o eletrocardiograma tradicional.
[12/11/2018]
Exame de cinco minutos pode prever o risco de demência, diz estudo
Doença estaria associada a maior pulsação arterial, que desencadearia declínio cognitivo
[07/11/2018]
Inteligência artificial consegue prever Alzheimer anos antes do diagnóstico

[05/11/2018]
O inovador implante na medula que fez homem com paralisia voltar a andar
Cientistas da Suíça desenvolveram método que estimula impulsos em medula espinhal de pacientes.

+ mais   


Médicos fazem apelo sobre a suplementação de ácido fólico


01/08/2013



Ingestão de suplemento vitamínico evita a ocorrência de bebês com anencefalia ou espinha bífida, problema que acontece em um a cada mil nascimentos no Brasil

Juliane Luduvice, 19 anos, não gosta de falar da gravidez e dá graças a Deus por ainda estar magrinha. Já no sexto mês, garante que se usar uma bata ninguém vai perceber a barriga. Ela não chora, reprime qualquer possibilidade de lágrima com a fala rápida, curta e dura, assim como é a vida. Este foi o jeito que ela encontrou de suportar a dor imensa que sente por saber que “gera um bebê que não vai vingar”.

A bebê dentro da barriga de Juliane tem uma má formação congênita: é anencéfala. A notícia foi dada assim mesmo pela médica após uma ultrassonografia transvaginal quando ela estava no terceiro mês de gravidez. O tubo neural, estrutura que dá origem ao cérebro e a medula espinhal, não foi fechado e a bebê vai nascer sem a calota craniana e o couro cabeludo e não deve sobreviver muito tempo depois do parto.

A dor de Juliane faz parte de uma estatística que assusta: um em cada mil bebês nascem no Brasil com defeito do fechamento do tubo neural. Esta má formação acarreta em anencefalia, quando o cérebro do bebê não se forma adequadamente, ou em espinha bífida, que é um dano na coluna vertebral. A anencefalia leva o bebê a óbito e os casos de espinha bífida provocam paralisia nos membros inferiores, incontinência urinária e intestinal.

“Os números no Brasil são altos e os casos de bebês com má formação no tubo neural atingem todas as classes sociais, pois 50% dos nascimentos não são planejados”, disse Eduardo Borges da Fonseca da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO).

Ainda não se sabe exatamente a causa da má formação do tubo neural, sabe-se apenas que ela tem relação com o ácido fólico, importante divisor celular que atua no DNA. Estudos mostraram que a ingestão da vitamina hidrossolúvel pertencente ao complexo B pode evitar em 75% a incidência de problemas na formação do tubo neural.

Portanto, recomenda- se a suplementação 0,4 mg por dia de ácido fólico para a mulher que deseja engravidar. A recomendação é que a suplementação comece, no mínimo, 30 dias antes da data em que a mulher planeja engravidar e seja mantida pelos três primeiros meses de gestação.

Mulheres como Juliane, que tem casos na família de nascimento de bebês com má formação no tubo neural, devem ter suplementação ainda maior. A recomendação é receber suplementação sintética de 4 mg de ácido fólico. “Meu tio teve um filho com anencefalia e a minha avó também”, conta Juliane.



Fonte: Saúde iG



Bookmark and Share

< voltar   
Home     |     Clínica     |     Especialidades     |     Corpo clínico     |     Localização     |     Contato