Rua Sorocaba, 706 - Botafogo
CEP: 22271-110 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.:2103-1500 - Fax:2579-3713
E-mail: sac@clinicoop.com.br
Notícias

[13/11/2018]
Aplicativo de celular identifica com precisão ataques cardíacos
Pesquisadores acreditam que aplicativo poderia ajudar pessoas em países sem acesso a exames como o eletrocardiograma tradicional.
[12/11/2018]
Exame de cinco minutos pode prever o risco de demência, diz estudo
Doença estaria associada a maior pulsação arterial, que desencadearia declínio cognitivo
[07/11/2018]
Inteligência artificial consegue prever Alzheimer anos antes do diagnóstico

[05/11/2018]
O inovador implante na medula que fez homem com paralisia voltar a andar
Cientistas da Suíça desenvolveram método que estimula impulsos em medula espinhal de pacientes.

+ mais   


Conheça as causas da dor nas costas e aprenda a evitá-la


23/08/2013



Muitos casos de dor nas costas são resolvidos com remédio e fisioterapia, mas há medidas mais simples que você mesma pode tomar para evitar que ela apareça

Pesquisas apontam a dor nas costas como o maior motivo de afastamento do trabalho no mundo. Pontadas, formigamentos e outros incômodos afetam desde a coluna lombar – daí o nome lombalgia –, que fica pertinho do bumbum, até a área do pescoço, a cervical. As causas vão de má postura, caso da hiperlordose (aumento da curvatura da coluna), a colchão inadequado, sedentarismo e obesidade. “Músculos, articulações e nervos comprimidos disparam inflamações e provocam o problema”, diz o ortopedista Délio Eulálio Martins, da Universidade Federal de São Paulo. A maioria dos casos se resolve com remédios e fisioterapia.


• A tal hérnia de disco

Entre as vértebras existe um amortecedor de cartilagem: é o disco. Se ele sofre degeneração – seja pela genética, por envelhecimento ou exageros na atividade física –, seu núcleo se desloca e comprime os nervos, causando dores.


• Dor na gestação

Conforme a barriga cresce ocorre uma alteração no centro de gravidade do corpo. A mulher tende a se curvar em busca de equilíbrio e fica torta. O peso extra também força a musculatura das costas. Uma forma de atenuar o problema é a prática de hidroterapia orientada pelo obstetra. Aliás, remédios também só podem ser usados com o aval do médico.


• Você sabia?

O cigarro serve de estopim para problemas na coluna. Ele interfere na circulação, prejudicando o fluxo do sangue na região, e, para piorar, provoca a inflamação das articulações.


• Que tal dar uma alongada?

Ficar sentada na mesma posição por muito tempo aumenta a carga sustentada pela coluna, e ela pode pedir arrego. A dica do médico Délio Eulálio Martins é sair da cadeira a cada duas horas. Vale pegar uma água, ir ao banheiro ou simplesmente dar uma boa esticada no esqueleto.


• Sonhe com os anjos

Na hora de dormir, a recomendação é deitar-se de lado e usar um travesseiro firme e numa altura que deixe o pescoço reto. Uma almofada entre as pernas também ajuda a alinhar os ossos, diminuindo as chances de dor. Vale destacar que o colchão não deve ser muito mole.



Fonte:MdeMulher



Bookmark and Share

< voltar   
Home     |     Clínica     |     Especialidades     |     Corpo clínico     |     Localização     |     Contato