Rua Sorocaba, 706 - Botafogo
CEP: 22271-110 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.:2103-1500 - Fax:2579-3713
E-mail: sac@clinicoop.com.br
Notícias

[13/11/2018]
Aplicativo de celular identifica com precisão ataques cardíacos
Pesquisadores acreditam que aplicativo poderia ajudar pessoas em países sem acesso a exames como o eletrocardiograma tradicional.
[12/11/2018]
Exame de cinco minutos pode prever o risco de demência, diz estudo
Doença estaria associada a maior pulsação arterial, que desencadearia declínio cognitivo
[07/11/2018]
Inteligência artificial consegue prever Alzheimer anos antes do diagnóstico

[05/11/2018]
O inovador implante na medula que fez homem com paralisia voltar a andar
Cientistas da Suíça desenvolveram método que estimula impulsos em medula espinhal de pacientes.

+ mais   


Gripe: o que é? Como é transmitida? Como prevenir ou tratar?


20/08/2014



O que é gripe?

A gripe é o resultado de uma infecção viral aguda por vírus da família influenza, que normalmente podem contaminar aves e mamíferos. Trata-se de uma infecção mais grave que a do resfriado comum, embora muitas vezes seja confundida com ele. Seja por sua ação direta, seja pelas complicações que pode acarretar (principalmente pneumonias), a gripe mata milhares de pessoas todos os anos em todo o mundo. Embora casos esporádicos possam acontecer em qualquer época do ano, ela é mais comum nos períodos de clima frio (no hemisfério sul, entre abril e outubro, com picos entre junho e setembro), em que o vírus é mais resistente. Os vírus são organismos que necessitam penetrar nas células para sobreviver e os vírus da gripe têm predileção pelas células do sistema respiratório.

Como se “pega” gripe?

A gripe é transmitida de pessoa a pessoa por gotículas de saliva expelidas quando a pessoa contaminada tosse, espirra ou assoa o nariz, podendo ser transmitida também de forma direta pela saliva, secreções nasais, sangue, fezes ou superfícies contaminadas. Os ambientes fechados (escolas, casas de shows, transportes coletivos, etc.), favorecem a transmissão. O período de incubação da gripe é muito pequeno (de um a dois dias) e o período de contágio de cerca de cinco dias. A cada novo surto da doença o vírus apresenta mutações e requer novas formas de vacinação. Recentemente os surtos mais graves partiram de animais que transmitiram o vírus ao homem (gripe aviária, chamada “gripe do frango” e gripe suína).


Quais são os sintomas mais comuns da gripe?


Os sintomas da gripe aparecem rapidamente e habitualmente são muito mais intensos que os do resfriado comum. A recuperação é rápida e se dá em torno de cinco dias. Os mais comuns são: febre alta (superior a 38ºC), calafrios, dores pelo corpo, especialmente nas articulações, dores de garganta, dores de cabeça, tosse, espirros, irritação nos olhos, fadiga e mal-estar geral. Pode causar também dor abdominal, náuseas e vômitos, sobretudo nas crianças.


Como evolui a gripe?

Na maioria das vezes a gripe caminha para a autorresolução, mas pode complicar-se com uma pneumonia, muitas vezes fatal, sobretudo em pessoas idosas ou debilitadas. As complicações mais comuns são a pneumonia (viral, primária, ou bacteriana, secundária) e a traqueobronquite, podendo ocorrer também agravamento das condições cardiovasculares anteriormente existentes e complicações neurológicas, mais raras.


Como tratar e prevenir a gripe?

Uma vez estabelecida, a gripe não tem um tratamento específico. Deve-se tratar sintomaticamente a febre e as dores porventura existentes e cuidar da hidratação e demais condições de sustentação. Recomenda-se o máximo de repouso possível, atenção e tratamento das possíveis complicações.

Hoje existem vacinas de vírus morto, mas essas vacinas devem ser repetidas periodicamente (em geral, anualmente), uma vez que os vírus sofrem frequentes mutações.


Fonte:Abc Med



Bookmark and Share

< voltar   
Home     |     Clínica     |     Especialidades     |     Corpo clínico     |     Localização     |     Contato