Rua Sorocaba, 706 - Botafogo
CEP: 22271-110 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.:2103-1500 - Fax:2579-3713
E-mail: sac@clinicoop.com.br
Notícias

[13/11/2018]
Aplicativo de celular identifica com precisão ataques cardíacos
Pesquisadores acreditam que aplicativo poderia ajudar pessoas em países sem acesso a exames como o eletrocardiograma tradicional.
[12/11/2018]
Exame de cinco minutos pode prever o risco de demência, diz estudo
Doença estaria associada a maior pulsação arterial, que desencadearia declínio cognitivo
[07/11/2018]
Inteligência artificial consegue prever Alzheimer anos antes do diagnóstico

[05/11/2018]
O inovador implante na medula que fez homem com paralisia voltar a andar
Cientistas da Suíça desenvolveram método que estimula impulsos em medula espinhal de pacientes.

+ mais   


Sete macetes para aumentar o pique no trabalho


05/11/2014



Melhore o humor e a organização e mande o estresse para longe

Tem semanas em que a vontade é ficar na cama, com os pés para cima e sem compromisso nenhum. Mas o trabalho não dá trégua e o jeito é buscar alternativas para manter o ânimo e dar conta das tarefas profissionais. "É fundamental identificar essas armadilhas que nos pegam durante a rotina, desviando o foco e roubando o tempo", afirma a psicóloga Milene Rosenthal, do projeto Psicolink. Para terminar o dia sem esgotamento e aguentar firme a semana, algumas dicas de organização são o segredo. Uma equipe de especialistas sugere opções para você adotar e conseguir vencer o expediente - em vez de ser vencido por ele.


1- Crie uma agenda diária com prioridades

Organização é palavra de ordem. "Quando o trabalho flui, você evita estresse, economiza tempo e poupa a mente de preocupações desnecessárias", afirma a psicóloga Glauca Lage, de Belo Horizonte (MG). Use a agenda para se manter pontual em todos os compromissos, eventos e reuniões e procure opiniões do chefe e dos colegas para definir o que é prioridade. Estar sempre com a sensação de que tudo está atrasado e acumulado é desmotivador. "A disciplina ajuda a vencer o excesso de trabalho e contribui para uma ótima imagem pessoal e, consequentemente, um destaque na profissional", diz a psicóloga.


2- Faça pausas

Alguns minutinhos são revitalizantes e ajudam a manter um bom ritmo de trabalho. "Estudos comprovam que pequenas pausas durante o expediente estimulam o bem-estar do funcionário e otimizam o rendimento profissional", afirma a psicóloga Milene Rosenthal. Levante e dê uma volta no escritório, estique as pernas e converse um pouco.

Vale até praticar algum exercício, como a ginástica laboral oferecida por algumas empresas. Estudo publicado no periódico Journal of Occupational and Environmental Medicine mostra que esse tipo de atividade permite alcançar níveis de produção ainda mais elevados.


3- Estabeleça metas possíveis

Pode ser motivador ter objetivos cada vez mais desafiadores, mas é preciso um limite pra que o efeito não vire o contrário. A psicóloga Milene afirma que todo indivíduo tem potencial para aprender e se superar, mas algumas empresas e lideranças, para atingir resultados elevados, exigem demais da equipe. "A frustração em não conseguir atingir a meta pode diminuir a autoestima e desencadear até mesmo doenças psíquicas, como a depressão", afirma. Procure conversar sobre a viabilidade de suas metas caso perceba que elas estão difíceis de serem alcançadas.


4- Preserve os momentos de lazer

Perder os momentos de descanso e descontração para horas extras de trabalho pode ser extremamente perigoso à saúde e ao rendimento profissional. "É preciso ter um equilíbrio entre vida pessoal e profissional para que nenhuma saia prejudicada", afirma Glauca Lage.

Trabalhar 11 horas ou mais por dia pode dobrar risco de depressão e comprometer a disposição (Finnish Institute of Occupational Health, Finlândia), passar muitas horas sentado no trabalho aumenta risco de obesidade (Universidade de Montreal, Canadá) e expediente superior a dez horas diárias eleva as chances de problemas cardíacos (estudo publicado pelo European Heart Journal).


5- Procure uma rotina de trabalho mais flexível

Pare para refletir sobre o dia a dia no ambiente de trabalho e a relação entre superiores e funcionários. O que poderia ser melhor? Em um estudo americano publicado no Journal of Health and Social Behavior, 608 empregados de uma empresa passaram por uma mudança de rotina: os empresários permitiram que os funcionários decidissem quando e onde trabalhar, com base em suas necessidades individuais e responsabilidades no trabalho, sem que tivessem que pedir permissão ou avisar aos seus gerentes. Como resultado, os empregados:

- Relataram dormir quase uma hora (52 minutos) além do costume;
- Melhoraram os hábitos saudáveis, pois se sentiram menos pressionados a trabalhar doentes e mais propensos a procurar um médico quando necessário, mesmo que estivessem atarefados;
- Organizaram melhor o tempo para executar as tarefas e reduziram o conflito entre trabalho e família.


6- Saiba dizer não

É muito difícil manter o pique nas tarefas se a todo o momento houver interrupções de outras pessoas. "Há muitos colegas de trabalho que, mesmo nos vendo concentrados e ocupados, não resistem e acabam interrompendo quem está por perto", afirma Milene Rosenthal. Isso pode afetar a produtividade da equipe.

O ideal é avaliar se a solicitação é tão urgente a ponto de parar o que você está fazendo. Se não for, diga ao colega de forma educada que, após terminar sua atividade atual, você irá ajudá-lo. Também evite abraçar todas as tarefas que surgem sem realmente saber se dará conta. É melhor negar alguns compromissos do que ter vários mal cumpridos.


7- Corra atrás do bom humor

Não adianta esperar que o mau humor vá embora sozinho. Procure dormir bem, relaxe, esvazie a mente de preocupações e permita-se errar e progredir diante de frustrações. Um estudo da Ohio State University College of Business e da Universidade da Pensilvânia (EUA), apontou quem começa o dia bem humorado se sente mais disposto e produtivo, tendo mais sucesso na jornada de trabalho.

Por que não procurar também momentos de risada e descontração dentro do ambiente de trabalho? De acordo com uma pesquisa da Universidade Bocconi (Itália), rir levanta o ânimo e favorece a imagem dos chefes perante os seus subordinados. Dos mais de 1.860 funcionários analisados, 98% disseram utilizar o humor para melhorar o ambiente de trabalho e 99% afirmaram que gostam da descontração para acelerar o ritmo das tarefas.


Fonte: Minha Vida



Bookmark and Share

< voltar   
Home     |     Clínica     |     Especialidades     |     Corpo clínico     |     Localização     |     Contato