Rua Sorocaba, 706 - Botafogo
CEP: 22271-110 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.:2103-1500 - Fax:2579-3713
E-mail: sac@clinicoop.com.br
Notícias

[15/03/2019]
Comer cogumelos duas vezes por semana reduz risco de perda de memória
Comer cogumelos ao menos duas vezes por semana pode ajudar a prevenir problemas de memória e fala em pessoas com mais de 60 anos.
[22/02/2019]
Minicérebros criados em laboratório no Rio têm até olhos
No futuro, testes dirão se os organoides podem enxergar; estruturas devem servir para entender doenças e avaliar medicamentos
[15/02/2019]
Gonorreia: por que a doença está ficando resistente a medicamentos
Bactéria responsável pela infecção sexualmente transmissível está desenvolvendo resistência aos antibióticos existentes
[14/02/2019]
Surto de febre amarela avança para Sudeste e Sul, alerta OMS
Em comunicado emitido em Brasília, entidade amplia área de vacinação para estrangeiros e aponta para terceira onda de contaminação

+ mais   


Cada hora assistindo TV pode aumentar risco de diabetes em 3,4%


06/04/2015


Pesquisa mostra impacto do sedentarismo no desenvolvimento da doença

Cada hora que você gasta assistindo televisão pode aumentar o risco de diabetes, de acordo com um estudo publicado dia 01 de Abril na revista Diabetologia (publicação da Associação Europeia de Estudos do Diabetes). A pesquisa, que avalia os efeitos do sedentarismo em pessoas que passam muito tempo sentadas, foi desenvolvida por cientistas da Universidade de Pittsburgh (EUA).

Os autores utilizaram dados de participantes do Programa de Prevenção do Diabetes, desenvolvido e publicado em 2002 pelo Instituto Nacional de Diabetes e Doenças Digestivas e Renais, uma divisão do Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos. A pesquisa acompanhou 3.234 adultos com obesidade que apresentavam risco de desenvolver diabetes tipo 2 e não faziam nenhum tipo de tratamento medicamentoso preventivo, como o uso de metformina.

Estudos anteriores já mostravam que mudanças no estilo de vida, como praticar atividade física, contribuíam para reduzir as chances de diabetes em pacientes com alto risco. Agora, a nova pesquisa mostra que a ausência dessas medidas não só dificulta a prevenção como também aumenta o risco das pessoas desenvolverem a doença.

Os participantes foram divididos em três grupos: o primeiro tomava metformina, o segundo recebeu placebo e o terceiro fez mudanças de estilo de vida, incluindo praticar atividade física uma hora e meia por semana. Quando o estudo começou, os três grupos passavam aproximadamente o mesmo período sentados durante o horário de trabalho e/ou assistindo televisão (entre 410 e 423 minutos por dia).

Os autores investigaram o impacto do comportamento sedentário sobre a incidência de diabetes. Para toda a amostragem, o risco de desenvolver a doença aumentou cerca de 3,4% por cada hora assistindo TV, independente de fatores como idade, sexo ou tempo gasto com atividade física.

Além disso, aqueles que fizeram mudanças de estilo de vida apresentaram uma diminuição no tempo que passavam sentados. Enquanto esse grupo reduziu em 37 min/dia o período de sedentarismo, os grupos do placebo e metformina diminuíram apenas nove e seis minutos por dia, respectivamente.

Os resultados mostram que a prática de atividade física pode reduzir o tempo que as pessoas passam sentadas, ainda que isso não tenha sido uma meta do programa. Os cientistas afirmam que diminuir o tempo que passamos sentados não substitui os benefícios da atividade física. Por isso, o mais importante é mudar os hábitos sedentários.


Fonte: Minha Vida



Bookmark and Share

< voltar   
Home     |     Clínica     |     Especialidades     |     Corpo clínico     |     Localização     |     Contato