Rua Sorocaba, 706 - Botafogo
CEP: 22271-110 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.:2103-1500 - Fax:2579-3713
E-mail: sac@clinicoop.com.br
Notícias

[13/11/2018]
Aplicativo de celular identifica com precisão ataques cardíacos
Pesquisadores acreditam que aplicativo poderia ajudar pessoas em países sem acesso a exames como o eletrocardiograma tradicional.
[12/11/2018]
Exame de cinco minutos pode prever o risco de demência, diz estudo
Doença estaria associada a maior pulsação arterial, que desencadearia declínio cognitivo
[07/11/2018]
Inteligência artificial consegue prever Alzheimer anos antes do diagnóstico

[05/11/2018]
O inovador implante na medula que fez homem com paralisia voltar a andar
Cientistas da Suíça desenvolveram método que estimula impulsos em medula espinhal de pacientes.

+ mais   


Vacina cubana que previne câncer de pulmão será testada nos Estados Unidos


14/05/2015


O tratamento, desenvolvido pelo Centro de Imunologia Molecular de Havana, já atua reduzindo o crescimento e metástase desse tipo de câncer

Com o estreitamento do relacionamento entre Estados Unidos e Cuba, uma nova relação médica está surgindo também. De acordo com a revista Wired, depois da visita do governador de Nova York ao país houve uma aproximação entre o Roswell Park Cancer Institute e o Centro de Imunologia Molecular de Havana, para falar principalmente sobre o desenvolvimento de uma vacina a possível prevenção do câncer de pulmão. A iniciativa é importante, visto que esse tipo de tumor é um dos tipos de maior mortalidade no mundo, correspondendo a 30% das causas de morte por câncer. Ele é a principal causa de morte por câncer entre homens e segunda causa entre as mulheres. Isso ocorre, principalmente, porque o câncer de pulmão.

A ideia do acordo é que a vacina seja desenvolvida em conjunto com Cuba e que os testes clínicos sejam feitos nos Estados Unidos, para aprovação da Federal Drug Administration, órgão que regulariza a venda de medicamentos e alimentos nos EUA e é considerado como referência no mundo todo. A expectativa é que eles consigam aprovação para os teste em cerca de seis ou oito meses, relatou Candence Johnson, CEO do Roswell Park Center Institute à revista Wired americana.

O acordo foi feito porque desde 2011 há em Cuba a Cimavax-EGF, uma vacina que hoje é usada principalmente para o tratamento do câncer de pulmão de células não pequenas. A tecnologia levou 25 anos de pesquisa no país, local em que esse tipo de tumor é a quarta causa de mortes. A vacina é composta de uma proteína que impede principalmente o crescimento e metástase desse câncer, ao criar anticorpos que ajudam o corpo a conter a doença. Isso acaba tornando a doença tratável, mesmo que ela continue sendo crônica. Esse tipo de tratamento é importante, já que o câncer de pulmão normalmente é diagnosticado tardiamente.

Como existem outros medicamentos com essa finalidade nos Estados Unidos, os planos do Roswell Park Center Institute são testar a vacina como uma forma de prevenir esse tipo de doença, além de testar seu princípio para outros tipos de tumor, como câncer de próstata, câncer de mama e câncer de cólon.


Fonte: Minha Vida



Bookmark and Share

< voltar   
Home     |     Clínica     |     Especialidades     |     Corpo clínico     |     Localização     |     Contato