Rua Sorocaba, 706 - Botafogo
CEP: 22271-110 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.:2103-1500 - Fax:2579-3713
E-mail: sac@clinicoop.com.br
Notícias

[21/09/2018]
Para onde vai a gordura que queimamos quando perdemos peso?
Pesquisadores da Austrália fizeram essa pergunta a 150 profissionais da área da saúde, e ficaram decepcionados com o que ouviram
[19/09/2018]
Veja como usar o bicarbonato de sódio na limpeza de casa
Se você ainda não possui um saquinho de bicarbonato de sódio em casa, você deve comprar já.
[18/09/2018]
Varizes e AVC: tem relação?
Especialistas tiram dúvidas no Bem Estar.
[17/09/2018]
1 em 5 homens e 1 em 6 mulheres terão câncer em algum momento da vida
Dados são do último relatório estatístico sobre a situação do câncer no mundo, da Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer.

+ mais   


Quais são os problemas de estar sempre procrastinando?


13/08/2015


Entenda como deixar tudo para depois influencia sua vida e aprenda como se livrar do problema

Você é do tipo de pessoa que não faz as coisas na hora e deixa tudo para depois? Costuma adiar as ações e as tomadas de decisão? Você se organiza mal e acumula o que tem para fazer? Se você está assim no momento, podemos dizer que vem se comportando como um procrastinador.

As causas mais comuns para procrastinação são:

• Desordem, falta de organização de coisas e ideias
• Não usar uma agenda com anotações das tarefas e funções
• Falta de energia
• Baixa auto estima, falta de confiança e não acreditar ser capaz
• Ansiedade e/ou depressão

Para poder agir e organizar-se no tempo e no espaço é preciso ordem. Seja através de planejamento, anotações para dar rumo ao caminho a ser seguido ou outro tipo de estratégia pessoal. Porém, quem tem o hábito de procrastinar não pode se permitir esperar que uma motivação interna seja a única a dar impulso para agir.

Pessoas que sofrem de doenças emocionais como depressão e ansiedade, alterações hormonais da tireoide, anemia, entre outras, podem apresentar baixa de energia e por isso mostrarem uma grande dificuldade de concentração, falta de motivação e apresentarem problemas para realizar o que é preciso.

Algumas pessoas não confiam em si mesmas como sendo capazes de realizar certas tarefas, porém há um conflito interno por haver interesse de fazer. Ao invés de declinar e confirmar que não farão a atividade, elas adiam, deixando para mais tarde, como se um dia fossem encontrar a coragem necessária para fazer.

Quem vive nesse ritmo - de deixar muita coisa ou tudo para depois - perde oportunidades únicas, momentos especiais e se limita a viver apenas dentro de suas vontades, sem acompanhar o ritmo da vida e as mudanças à sua volta. A perda é grande. Pessoas assim sofrem com suas próprias escolhas de procrastinação.

Normalmente, quem vive nessa condição tem consciência disso, mas nem sempre sabe como mudar. Se conviverem com pessoas mais ágeis e de ação o conflito está estabelecido, pois quem faz agora costuma não aceitar, ou ver com bons olhos, quem deixa tudo para depois.


Para mudar isso imediatamente é preciso:

• Entender o ponto central do problema, ou seja, qual a razão real de deixar tudo para depois e trabalhar sobre este ponto. Se a questão é baixa de energia, é preciso cuidar do corpo e da mente para reverter isso, seja sozinho ou com ajuda de um profissional qualificado

• Aprender a estabelecer metas viáveis. Se você não é bom em cumprir prazos, evite por metas curtas e de pouca capacidade de realização

• Observe como as pessoas que fazem agora pensam, agem e sentem. Perceba o que você pode • aprender com elas e inicie seu processo de mudança já

• Procure ajuda profissional de um psicólogo ou coach que possa lhe ensinar ferramentas pontuais de ação e aperfeiçoamento.
Sucesso e até breve!


Fonte: Minha Vida



Bookmark and Share

< voltar   
Home     |     Clínica     |     Especialidades     |     Corpo clínico     |     Localização     |     Contato